Blog

12 Dicas de marketing para Provedores de Internet – Parte 2

Com a ajuda de especialistas na área, a Taghos selecionou doze dicas essenciais para fortalecer o marketing das empresas que trabalham no ramo de Telecom tais como Provedores de Internet.

Dividimos as dicas em Parte 1 e Parte 2 (Esta é a segunda parte). Confira!

Neste post, você vai ler sobre:

– Canais de distribuição: Como chegar até o seu cliente
– O que não pode deixar de ter no site do Provedor de Internet
– Cache: Diferencial na estrutura de rede do Provedor

Canais de distribuição: Como chegar até o seu cliente 

Apesar da inovação ser algo essencial, é importante lembrar que na grande maioria das vezes, o cliente compra algo que ele já está acostumado e escolhe um produto/serviço baseado na sua conveniência.

De nada adianta ter a melhor solução do mundo se você não consegue chegar ao cliente através dos canais de distribuição corretos.

Modelo 1: Você vai até o cliente
A principal vantagem desse modelo é a proximidade do cliente, é altamente recomendado quando você quer testar um produto/serviço inovador e precisa ouvi-lo de perto. Aqui temos os chamados vendedores de porta a porta, que visitam os clientes tanto para vender quanto para entregar o produto/serviço. Porém, é muito complicado de ganhar escala dessa maneira.

Modelo 2: Você vai até o cliente e o cliente vai até você, pela internet (Dica #8)
Sei que é um pouco de chover no molhado, mas vale a pena reforçar a importância da internet no relacionamento com o cliente. Mesmo empresas que possuem canais de distribuição físicos, podem aproveitar, e muito canais digitais.

O site do Provedor de Internet

Invista em um site elegante e simples.

O que você tem a oferecer? Deixe bem claro quais são os planos de internet para cada tipo de cliente seja ele residencial ou corporativo. Quanto mais segmentado, melhor. Isso quer dizer que se você oferece serviços para Hotéis, Prefeituras, os tem planos diferenciados para cada tipo de necessidade, mostre isso nas descrições dos pacotes e planos.

Como faço para contratar? Descomplique a contratação do serviço através do site. Um clique pode direcioná-lo a uma página de cadastro e ele ter uma proposta em até 24 horas. Mas, e se você puder colocar um sistema online de vendas no formato de chat online?

O chat em tempo real é a maneira mais rápida e pessoal de interagir com os seus clientes. (Dica #9) Existem ferramentas de mercado que são simples de implantar e econômicas para pequenas e médias empresas. Posso te indicar algumas, fale comigo pelo marketing@taghos.com.br

Mais dicas de marketing para o seu site:

– Integração dos formulários de contato ou ofertas com o seu CRM
– Estruturação de SEO, avaliando os elementos importantes de serem trabalhados para que seu site esteja melhor posicionado nas ferramentas de busca.
– Alinhamento e produção de conteúdo para contribuir para o crescimento de tráfego no site. Recomendamos fortemente a criação e manutenção de um blog (Dica #10) que tem a vantagem de atrair links externos e posicionar sua empresa como referência, indexando as páginas do site.

Por que eu devo escolher a sua empresa?
Destaque os diferenciais de seu produto ou serviço. (Dica #11). As pessoas só contratam o seu produto/serviço quando percebem o valor deles. Embora muitos ainda façam essa confusão, valor e preço são duas coisas completamente diferentes.

Você entende a diferença entre valor e preço? Quando se fala em valor de determinado produto, as pessoas imediatamente remetem para o gasto, ou seja, para quanto estão dispostas a desembolsar. E é aí que está o X da questão: dinheiro está relacionado a preço, e não a valor. O valor só existirá se o produto ou serviço apresentar algum benefício ao cliente.

Cache: Diferencial na estrutura de rede do Provedor de Internet

Transformar a infraestrutura faz sentido e é necessário. Mas paralelamente a isso, o Provedor precisa expandir a oferta do serviço e entregar uma experiência excelente ao consumidor, os Provedores que atuam em um mercado competitivo conseguirão gerar novas fontes de receita, além de atrair novos clientes e reter os antigos.

O usuário está mais exigente e não são os 10, 30, 50 ou 100Mbps que fazem a diferença no momento de escolher o melhor pacote de benefícios e sim, a melhor experiência possível de como assistir um vídeo em HD na Internet e baixar os conteúdos desejados simultaneamente, tudo da maneira mais rápida possível. Assim, VOCÊ PRECISA de uma solução com foco no seu cliente (Dica #12).

Fale agora com um consultor e saiba como ajudamos os mais de mil provedores de acesso à internet (ISPs) em todo Brasil, à levar o conteúdo mais perto dos seus clientes.