Blog

Tendências no consumo de Streaming

 

 

Mundialmente, o Streaming de vídeo está quase no mesmo patamar que a maneira tradicional de assistir TV: 75% de usuários disseram que assistem ao conteúdo programado por eles, várias vezes por semana, em comparação aos 77% que assistem a programas de televisão com grade fixa no mesmo período. Isso representa a mais nova e profunda mudança no comportamento do telespectador brasileiro, que já foi evidenciada na atual edição do estudo TV & Media, produzido pelo ConsumerLab, área da Ericsson que estuda o comportamento do usuário.

O consumo de Streaming mostra que a era de entretenimento de alta qualidade e sob demanda já virou realidade, contudo o custo do tráfego de dados e o custo do conteúdo em si ainda barram muitos telespectadores, de acordo com a pesquisa.  Outro ponto que cresce junto é o consumo de banda de internet, tanto fixa quanto móvel.

Brasileiros foram questionados e afirmaram que em comparação a 2012, eles assistem 1h46 a mais de conteúdo em vídeo em Smartphone.
Serviços como Netflix e Hulu estão sendo a opção da maioria dos usuários e isso tende a crescer, pois 56% das pessoas que pagam por serviços de vídeo on-demand preferem que todos os episódios de uma série de TV estejam disponíveis de uma vez só e possam ser assistidos no ritmo do usuário, e somente 45% dos respondentes não pagam por S-VOD.

O Hyper faz cache de protocolos diferenciados incluindo serviços de Online Streaming Video, fazendo isso de forma transparente e eficiente para garantir a melhor experiência de navegação dos assinantes, preservar a fidelidade do provedor de conteúdo e reduzindo a pressão de tráfego de vídeo na rede. Conheça o Hyper.

 

Fonte: IP News