Blog

Mercado mundial de tablets deve crescer 8%

Entre smartphones, consultoria prevê crescimento mais rápido do Windows e mais baixo do iOS. Android manterá predomínio.

O mercado mundial de tablets deve manter o ritmo mais lento de crescimento que o registrado dois anos atrás, quando as vendas aumentavam em dois dígitos. Para 2015, as expectativa da consultoria Gartner é que as vendas, no mundo, cresçam não mais que 8%. A empresa prevê 233 milhões de unidades vendidas.

“A redução drástica pode ser explicada por diversos fatores. O primeiro é a larga vida útil dos tablets, que são repassados a familiares e recebem atualizações constantes, especialmente os modelos iOS. Outro fator é a falta de inovação no hardware, o que inibe o consumidor de comprar novos aparelhos”, explica Ranjit Atwal, diretor de pesquisa da Gartner. A expectativa global da consultoria pode conter exceções. No Brasil, as vendas de tablets aumentaram em dois dígitos ao longo de 2014.

Caso a venda de tablets, smartphones, notebooks, ultrabooks e desktops seja contabilizada em conjunto, a Gartner espera crescimento mundial de 3,9%.

SmartphonesA empresa calcula que o mercado de telefones móveis crescerá 3,7% em 2015, e pouco menos em 2016, quando alcançará quase 2 bilhões de unidades vendidas.”Este mercado está se polarizando entre produtos com preços de high end low-end”, ressalta Annette Zimmermann, também diretora de pesquisa da Gartner.

Por um lado, os aparelhos high-end tiveram preço médio de US$ 447 em 2014, categoria dominada pelo iPhone, da Apple. De outro lado, os dispositivos mais baratos eram na maioria Android, e tinham preço médio de US$ 100. “As oportunidades no segmento intermediários são cada vez menores”, completa Annette.

As vendas em massa mantêm o Android como sistema operacional mais utilizado no ano que passou, entre os smartphones. O SO da Google deve manter a escalada, crescendo 26% em 2015. “Esperamos que neste ano o Windows cresça mais rapidamente que o iOS”, diz Atwal.

______________

Texto Via Portal Telesíntese